Recomendação de leitura

Se você está visitando o blog pela primeira vez, recomendo que comece lendo das publicações mais antigas às mais recentes. Assim é a lógica do blog, para que você possa compreender a história de Clara e Davi.
Um casal apaixonado, que por algum motivo se viram obrigados a ficar separado, recorre à Internet para ajudar a suportar a saudade e solidão.
Aqui, você vai encontrar as cartas de amor trocadas por este casal.
Entrelinhas

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Não me reconheço mais.

Clara,

Meu início de ano foi um tanto quanto conturbado, mas nada além do esperado.
Apenas alguns prazos a serem cumpridos no trabalho que tomaram um pouco mais da minha atenção e do tempo habitual.

Em compensação, terei agora quatro dias de folga e vou me reunir com os amigos para algum passeio. Ainda não sei ao certo para onde iremos e o que faremos, mas preciso muito disso, senão vou enlouquecer.


Todos esses dias longe de você tenho me jogado de certa forma no trabalho que nem eu mais me reconheço. Estou horrível. Não queria que você me visse assim. Mas lá, quando estou a frente da obra, é o único lugar que consigo esquecer a solidão em que me encontro.

Como você me faz falta, querida.

Ah! Clara, tenho tanto medo que nosso amor não suporte à distância...
É a fé de estarmos juntos na próxima virada de ano que me mantém lúcido, apesar de tudo.

Sinto sua falta, desesperadamente.

Davi.

2 comentários:

Rafhitch disse...

Hmmm.. Buscar no trabalho uma forma de esquecer a solidão não vejo errado. O problema é quando abusa disso.

;)

Anônimo disse...

Estava com saudades daqui... Essas festas de final de ano me fizeram me afastar um pouco, mas já estou aqui para me atualizar com essa história de amor.